fbpx

Notícias

Egresso de Engenharia Ambiental da Unesc, gerente de PCH guia visita de acadêmicos em Vilhena


Complementar os estudos na área de formação profissional em Recursos Naturais e Meio Ambiente, assim como na disciplina de Geotecnia foi o que levou os acadêmicos de Engenharia Ambiental da Unesc a realizarem uma visita técnica à Pequena Central Hidrelétrica (PCH) Cassol I, em Vilhena.

Acompanhados pelas professoras do curso, Juliana de Fátima Vizú e Calina Grazielli Dias Barros, os acadêmicos foram recepcionados e tiveram a visita guiada por Cléber Max Vieira Gasques, gerente do Grupo Cassol em Vilhena. Cléber é engenheiro ambiental formado pela Unesc, na Unidade de Cacoal. “A Engenharia Ambiental é uma profissão que te coloca a frente de vários segmentos, na esfera voltada ao Meio Ambiente, atuando com vários outros profissionais, seja empresas privadas ou públicas. O curso, que é oferecido pela Unesc, me abriu um leque de oportunidades, por serem amplas as áreas de atuação”.

Cléber Gasques também é presidente do Comitê de Bacia Hidrográfica dos Rios Branco e Colorado de Rondônia, Conselheiro do Conselho Estadual de Recursos Hídricos do Estado de Rondônia. Pós graduado em Arqueologia e História da Amazônia, o egresso da Unesc ministra palestras em eventos por todo o país. “Eu faço questão de compartilhar o conhecimento que adquiri na graduação e nos cursos posteriores. Sempre acompanho a visitação de acadêmicos, alunos do ensino fundamental e médio, mostrando todo o trabalho desempenhado”, destacou.

Segundo a professora Juliana de Fátima Vizú, a visita técnica guiada por Cléber Gasques na Pequena Central Hidrelétrica (PCH) Cassol I, realizada no último sábado (04), propiciou aos alunos uma visão prática e mais detalhada dos aspectos envolvidos na geração e transmissão da energia elétrica, a partir do aproveitamento do recurso hídrico de forma adequada. O que os acadêmicos já conheciam da sala de aula, foi visto na prática do dia-a-dia.

Dentro da PCH, os alunos conheceram diversos e variados instrumentos e equipamentos usados na operação e controle da produção de energia elétrica. Também tiveram acesso a uma das unidades geradoras e ao Centro de Supervisão e Controle de toda a energia elétrica produzida na pequena central hidrelétrica.

“A visita técnica torna-se uma oportunidade de aprendizado extraclasse que possibilita aos alunos terem contato direto com profissionais da área e com uma geradora de energia elétrica da região. Vale muito para aprofundar o conhecimento teórico alinhado com a prática. Foram muitos esclarecimentos, novidades e curiosidades”, destacou a professora Calina Grazielli Dias Barros.

Com capacidade instalada de 2,7 MW e com linha de transmissão em 34,5 kV, com extensão de 27 Km, a Pequena Central Hidrelétrica Cassol I iniciou suas operações, em Vilhena, em 1995. Sua produção é distribuída em Vilhena e todo o Cone Sul do estado de Rondônia. Durante a visita, os acadêmicos de Engenharia Ambiental da Unesc puderam conhecer também diversos projetos desenvolvidos, de compensação ambiental e social, como por exemplo a separação de resíduos para serem levados à uma associação de recicladores de papel e plástico.