fbpx

Notícias

Professor da Unesc está entre os vencedores do Prêmio Brasil de Economia


Premiação será entregue ao professor Alex Rilie durante o XXIII Congresso Brasileiro de Economia, que acontece em Florianópolis

No dia 16 de outubro serão premiados, em Florianópolis (SC), os vencedores do XXV Prêmio Brasil de Economia, durante a cerimônia de abertura do XXIII Congresso Brasileiro de Economia (CBE).

Neste ano, entre os vencedores, está o professor da Unesc em Porto Velho, Alex Rilie Moreira Rodrigues, na categoria Dissertação de Mestrado. O trabalho desenvolvido por Alex, “Análise da convergência de renda para os estados e municípios da região Centro-Oeste do Brasil: entre 1999 a 2015”, conquistou a terceira colocação no Prêmio Brasil de Economia.

Conforme o Conselho Federal de Economia – Confecon, o Prêmio tem como objetivo incentivar a investigação econômica, de uma forma geral, e estimular economistas e estudantes de Economia a desenvolverem pesquisas voltadas para o conhecimento da realidade brasileira. Dividido em cinco categorias – livro de economia, tese de doutorado, dissertação de mestrado, artigo técnico ou artigo científico e monografia ou trabalho de conclusão de Curso de Graduação em Ciências Econômicas, o prêmio irá distribuir valores entre R$ 3 mil a R$ 8 mil para os primeiros lugares de cada categoria.

O professor Alex Rilie Moreira Rodrigues iniciou sua jornada na Unesc neste ano, na unidade de Porto Velho, como professor do curso de Engenharia de Produção. “Este prêmio é muito importante, tanto para um acadêmico como para um profissional na área de Economia, pelo reconhecimento que temos quando alcançamos êxito no que escrevemos. Esse Prêmio Brasil de Economia a nível nacional, que premia os melhores artigos, monografias, dissertações, teses e livros de Economia. Por isso o prêmio de 3º colocado é superimportante para meu currículo pessoal e cria uma expectativa em meus alunos para que eles sigam os mesmos passos. Esse prêmio é de todos que deram apoio para que eu chegasse até aqui”, comemora o professor da Unesc, Alex Rilie.

(Giliane Perin – Assessoria de Imprensa/Unesc)